04/06/2018
Gratia
Um problema muito comum em nosso tempo é que muitos enxergam sua relação com Deus em termos de obrigação x benefício
Redação CPIMW

Todos recebemos da sua plenitude graça sobre graça (Jo 1.16)

João 1.16, 17


A palavra graça, que provém do latim gratia, é o foco da nossa reflexão. Vimos no texto que a graça de Deus está sobre nós e nos foi dada por meio de Jesus Cristo. 

Mas o que é esta graça? É um favor imerecido, é Deus sempre nos amando, não importa como estejamos. Por meio dela, Deus instala em nós a consciência da nossa culpa diante dele, mas não para nos cobrar, e sim para oferecer-nos o seu perdão. É a possibilidade de vida, é instigar o ser humano a ir em direção a Deus a se submeter à condução de Jesus e do Espírito Santo. É uma verdadeira dádiva. 

Um problema muito comum em nosso tempo é que muitos enxergam sua relação com Deus em termos de obrigação x benefício. Se obedeço a Deus, ele me abençoa; se não lhe obedeço, ele me amaldiçoa. Esse tipo de relação acaba gerando algumas formas maléficas de sentimento de culpa (para não sentir culpa, tento fazer tudo certo, preciso ser perfeito, o que é impossível); de medo (sinto medo de Deus porque, se sinto culpa por causa dos meus erros, ele vai me punir, me amaldiçoar); de ganância (quanto mais eu for bom, mais Deus vai me abençoar, mais vai me proporcionar riqueza e prosperidade). Esse tipo de relação é um fracasso. Deus não se relaciona com o homem por interesses! Ele se relaciona por amor! Quando me arrependo da minha culpa, a graça dele me basta! Estamos livres por meio de Jesus! Deus não vai nos dar ou nos tirar algo conforme nossas ações realizadas por obrigação, por interesses! 

Gosto de pensar na graça quando abro uma torneira para encher um copo. A Bíblia diz em Romanos 5.20 que, onde abundou o pecado, transbordou a graça! É assim: o pecado pode encher o copo (minha vida), mas a graça o desaloja e sua fonte não para de jorrar, fazendo a vida transbordar de graça o tempo todo. Oro para que busquemos a Deus, deixando que ele conduza nossas vidas e que sua graça seja o suficiente para nós!

Fábio de Araújo Almeida, extraído do livro “Devocional Wesleyano”

MAIS LIDAS

Mesa, lugar de comunhão
É tempo de restaurar os elos da comunhão


A Verdadeira Adoração
Vamos começar com uma pergunta: o que você sabe sobre adoração?


Deserto
O deserto tem um conteúdo simbólico muito grande na Bíblia


Mensagem na olaria
Deus nos molda como o vaso na mão do oleiro


Aflição
Por que Jesus nos permite passar pela tempestade?



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016