06/08/2018
Gangorra
Você tem um alvo que valha a pena ou sua vida é uma gangorra como a de Roboão?
Redação CPIMW

É bom que o nosso coração seja fortalecido pela graça (Hb 13.9b)

Leitura: 2 Crônicas 12.1-4

Sobe e desce, sobe e desce... em resumo, pode-se dizer que esta é a biografia do rei Roboão. Para conhecer direito a história, seria necessário ler também os dois capítulos que precedem este indicado para a leitura bíblica (recomendo). No texto de hoje, há uma das descidas de Roboão (foi infiel ao Senhor – v. 2). Depois ele volta a subir (humilhou-se – v. 6 – sim, isso é uma subida, pois nos aproxima de Deus). A conclusão do relato, porém, não é favorável a ele (agiu mal... v. 14).

Roboão era filho do grande rei Salomão e herdou um reino forte, consolidado, rico e pacificado. Não poderia querer algo melhor. Começou em cima na gangorra, mas logo deu a primeira descida: quis mostrar sua força no grito e teve de descobrir que não tinha nada disso. De uma só vez perdeu o domínio de dez das 12 tribos que formavam seu reino (10.16-17). Ficou só com um pequeno resto. Depois passou a subir um pouco. Um profeta veio alertá-lo contra uns planos de guerra que ele tinha e ele obedeceu ao recado de Deus (11.4). Voltou a descer ao casar-se com muitas mulheres, o que era usual para aqueles reis, mas contrários aos padrões de Deus. Subiu outra vez ao demonstrar sabedoria em relação aos seus filhos (11.23). Em seguida, entra o capítulo 12, que você leu hoje.

Uma gangorra é um brinquedo que se move o tempo todo, subindo e descendo, mas não vai a lugar nenhum. Agora, antes que você sacuda a cabeça por não compreender o jeito do rei-gangorra Roboão, Permita-me uma pergunta: para onde você está indo? Tem um alvo que valha a pena, como aquele que o apóstolo Paulo cita em Filipenses 3.13-14 (confira!), ou sua vida é uma gangorra como a de Roboão? Nesse caso, veja o que diz o versículo em destaque, e saiba que aquela graça de Deus (seu favor que nos transforma e ajuda) está disponível o tempo todo. Que tal voltar a Deus para então ficar com ele e não descer mais?

Roland Körber, extraído do livro “Devocional Wesleyano”

 

MAIS LIDAS

Mesa, lugar de comunhão
É tempo de restaurar os elos da comunhão


A Verdadeira Adoração
Vamos começar com uma pergunta: o que você sabe sobre adoração?


Deserto
O deserto tem um conteúdo simbólico muito grande na Bíblia


Mensagem na olaria
Deus nos molda como o vaso na mão do oleiro


Aflição
Por que Jesus nos permite passar pela tempestade?



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016