06/08/2018
Gangorra
Você tem um alvo que valha a pena ou sua vida é uma gangorra como a de Roboão?
Redação CPIMW

É bom que o nosso coração seja fortalecido pela graça (Hb 13.9b)

Leitura: 2 Crônicas 12.1-4

Sobe e desce, sobe e desce... em resumo, pode-se dizer que esta é a biografia do rei Roboão. Para conhecer direito a história, seria necessário ler também os dois capítulos que precedem este indicado para a leitura bíblica (recomendo). No texto de hoje, há uma das descidas de Roboão (foi infiel ao Senhor – v. 2). Depois ele volta a subir (humilhou-se – v. 6 – sim, isso é uma subida, pois nos aproxima de Deus). A conclusão do relato, porém, não é favorável a ele (agiu mal... v. 14).

Roboão era filho do grande rei Salomão e herdou um reino forte, consolidado, rico e pacificado. Não poderia querer algo melhor. Começou em cima na gangorra, mas logo deu a primeira descida: quis mostrar sua força no grito e teve de descobrir que não tinha nada disso. De uma só vez perdeu o domínio de dez das 12 tribos que formavam seu reino (10.16-17). Ficou só com um pequeno resto. Depois passou a subir um pouco. Um profeta veio alertá-lo contra uns planos de guerra que ele tinha e ele obedeceu ao recado de Deus (11.4). Voltou a descer ao casar-se com muitas mulheres, o que era usual para aqueles reis, mas contrários aos padrões de Deus. Subiu outra vez ao demonstrar sabedoria em relação aos seus filhos (11.23). Em seguida, entra o capítulo 12, que você leu hoje.

Uma gangorra é um brinquedo que se move o tempo todo, subindo e descendo, mas não vai a lugar nenhum. Agora, antes que você sacuda a cabeça por não compreender o jeito do rei-gangorra Roboão, Permita-me uma pergunta: para onde você está indo? Tem um alvo que valha a pena, como aquele que o apóstolo Paulo cita em Filipenses 3.13-14 (confira!), ou sua vida é uma gangorra como a de Roboão? Nesse caso, veja o que diz o versículo em destaque, e saiba que aquela graça de Deus (seu favor que nos transforma e ajuda) está disponível o tempo todo. Que tal voltar a Deus para então ficar com ele e não descer mais?

Roland Körber, extraído do livro “Devocional Wesleyano”

 

MAIS LIDAS

Mesa, lugar de comunhão
É tempo de restaurar os elos da comunhão


O verdadeiro empoderamento
Uma reflexão sobre a palavra da moda dos dias atuais


É tempo de se fortalecer
A força da qual precisamos vem do Senhor


A Verdadeira Adoração
Vamos começar com uma pergunta: o que você sabe sobre adoração?


Deserto
O deserto tem um conteúdo simbólico muito grande na Bíblia



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016