03/11/2016
Louvor
O verdadeiro louvor surge quando reconhecemos a manifestação do poder de Deus.
Redação CPIMW

http://casaapostolica.org.br/wp-content/uploads/2015/06/Worship-Background_crop1.jpg

Louvem todos o nome do Senhor, porque somente o seu nome é exaltado; a sua majestade está acima da terra e dos céus (Salmo 148.13)

Leitura: Salmo 150


Louvar a Deus é muito bom. Vários salmos demonstram isso, mas o da leitura de hoje, o último do livro, o enfatiza de forma especial. Ele fala de lugares, formas e personagens para essa adoração a Deus. O povo de Deus é convidado a louvar no santuário. É saudável e especial louvar ao Senhor num local dedicado totalmente a ele, mas como sabemos que ele não habita somente em lugares projetados, podemos louvá-lo em toda parte, inclusive ao ar livre.

Em seguida, o salmista fala dos motivos do louvor prestado pela comunidade: enaltecer o Senhor pelo que ele faz e é. O verdadeiro louvor surge quando reconhecemos a manifestação do poder de Deus. Um louvor sem tal reconhecimento é vazio, porque não é capaz de dar testemunho da atuação do Senhor. Assim, este momento tem enfoque nas grandezas e nos feitos do Senhor.

Ao longo de todo o salmo, o louvor aparece como uma ordem: “Louvem”. Ainda assim, a ênfase não está no adorador. Tal louvor deve ter como objetivo adorar ao Senhor, dar a Ele toda glória. Este é um louvor especial, uma sinfonia que ressalta a majestade do Senhor. É isso que o salmo mostra. É possível usar o que quer que seja: o salmo cita instrumentos musicais daquela época, como trombetas, chifres de carneiros, harpas, tamborins, mas hoje podemos usar instrumentos atuais, de percussão ou sopro, elétricos, eletrônicos ou acústicos.

Por fim, o texto chama ao louvor universal: todos são convidados. Como é maravilhoso participar de um culto de adoração no qual estão unidas muitas vozes e instrumentos. Não importa se você é homem ou mulher, idoso, jovem ou criança, branco, negro ou índio, se tem saúde de ferro ou se está acamado. O importante é que todo o ser que respira deve louvar ao Senhor. Nesta exaltação todos são convidados, porque nesta orquestra cada um tem sua função.

Marivete Zanoni Kunz, extraído do livro “Devocional Wesleyano”

 

MAIS LIDAS

Louvor
O louvor deve ter como objetivo adorar ao Senhor


Adoração Musical x Sentimentalismo
Alguns elementos indicam o sentimentalismo como motivação


Músicos arrogantes, por quê?
Levitas foram chamados para servir


O que aconteceu com a adoração?
Estamos esperando domingo para "irmos à igreja e adorarmos"?


O Músico e seu caráter
A Vida de um homem irá refletir o seu coração



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016