29/03/2017
Pequenas atitudes
Dê ao mundo o que você tem recebido de graça das mãos de Nosso Senhor Jesus Cristo
Márcia Amaral

Certa manhã cheguei ao supermercado quando o mesmo acabara de abrir, peguei meu carrinho de compras e animadamente cumprimentava um aqui, outro ali. Enquanto passava pelos corredores do supermercado observava que as mercadorias estavam sendo repostas. Oba! Frutas e verduras fresquinhas! Os repositores continuavam seu trabalho como se não houvesse ninguém à sua volta. 

Neste dia estava com certa pressa, mas não podia me esquecer de nada. Fui rapidamente para o corredor onde estava o café. Como boa mineira, não poderia me esquecer do meu gostoso café. Enquanto comparava as marcas, mesmo absorta em meus pensamentos, percebi que havia uma jovem senhora que estava repondo mercadoria na prateleira. Cumprimentei-a e disse: “Bom dia!”, e ela respondeu: “Bom dia, tudo bem?”, e eu novamente respondi: “Tudo bem, e você?”. Ela disse: “Tudo bem!”. Continuei em minha tarefa de escolher o café. Terminando de colocar o café no carrinho me virei para ir embora. Não havia percebido que a senhora que estava próxima a mim havia saído. Foi então que ouvi alguém me chamar: “Senhora, Senhora!”. Virei-me para ver quem me chamava, era a repositora do café. Ela me disse: “Quando a senhora me cumprimentou, a senhora me quebrou. Aqui ninguém cumprimenta ninguém. As pessoas chegam com seus carrinhos e só faltam passar por cima da gente. Batem os carrinhos em nós e nem ao menos pedem desculpas”. E ela continuou: “Quando a senhora me cumprimentou eu pensei: Esta senhora é diferente, ela merece um agrado, aqui estão estas latas como presente para a senhora”. 

Confesso que minha voz ficou embargada e meus olhos ameaçaram se encher de lágrimas, não por haver ganho aquelas lindas latas, mas por ver a carência daquela mulher e por sua atitude de gratidão.  Acho que meus olhos se iluminaram e abri um grande sorriso, pois fui pega de surpresa. Com o gesto daquela mulher percebi que Jesus estava me dizendo: Você acha que está perdendo tempo em honrar as pessoas? Acha que ninguém está percebendo? Lembrei-me de Mt 25.40: “O que você fizer a um destes meus pequeninos estará fazendo a mim”.

Através desta experiência pude tirar lições preciosas: Uma delas é que devo perseverar em fazer o bem, sem me importar com as atitudes dos outros (Pv 3.27). Sim, querido irmão, “As atitudes valem mais que mil palavras” talvez você pense que suas ações não estão fazendo nenhuma diferença, seu gesto de amor e de solidariedade é como uma gota no oceano ou como um grão de areia. Ninguém percebe. Não! Você está errado, um simples sorriso, um abraço, um bom dia ou boa tarde pode fazer a diferença na vida de alguém. Dê ao mundo o que você tem recebido de graça das mãos de Nosso Senhor Jesus Cristo. Lembre-se: pequenas atitudes poderão desencadear ao seu redor uma corrente de amor, amizade e de solidariedade, trazer esperança e fazer deste seu mundo um mundo melhor. Que o Senhor te abençoe!

Márcia Amaral é colunista do Voz de Mulher

 

MAIS LIDAS

Deserto
O deserto tem um conteúdo simbólico muito grande na Bíblia


A Verdadeira Adoração
Vamos começar com uma pergunta: o que você sabe sobre adoração?


Mesa, lugar de comunhão
É tempo de restaurar os elos da comunhão


Mensagem na olaria
Deus nos molda como o vaso na mão do oleiro


Aflição
Por que Jesus nos permite passar pela tempestade?



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016