12/04/2017
Jornalista critica mídia por ignorar ataques a cristãos
Editor-geral do Daily Mail comparou a atenção dada pela mídia aos ataques do Estado Islâmico contra cristãos no Egito com os recentes atentados na Suécia e Londres
Redação CPIMW

Igreja Copta destruída após atentado terrorista do Estado Islâmico no Egito (Foto: Reuters)

A falta de atenção dada pela mídia internacional – sobretudo americana – ao genocídio contra cristãos no Oriente Médio foi duramente criticada pelo jornalista Piers Morgan, editor-geral do jornal Daily Mail, um dos mais populares da Inglaterra. Para ele, a grande mídia parece ignorar que o grupo terrorista Estado Islâmico está promovendo uma “Guerra Santa” contra o cristianismo.

Morgan falou sobre o recente atentado que aconteceu contra cristãos coptas no Egito quando celebravam o Domingo de Ramos. O ataque a duas igrejas deixou 44 mortos e vários feridos, e a autoria foi reivindicada pelo Estado Islâmico.

“Infelizmente, acho que se esse tipo de atrocidade acontece no Oriente Médio, não parece ser tão atraente para a mídia na América como se acontecesse, como vimos, na Suécia, nos últimos dias, e em Londres, há duas semanas. A grande atenção da mídia americana está em Paris, Nice. Esses locais recebem enorme atenção”, disse Morgan.

“O que aconteceu no Egito foi incrivelmente significativo. Se você olhar para o que o Estado Islâmico realmente representa, o que eles estão fazendo no Oriente Médio, particularmente no Egito, é um tipo de ataque genocida aos cristãos e ao cristianismo. Eles querem que o cristianismo seja erradicado, e eles querem converter todos os muçulmanos à sua ‘Cruzada’. Eles querem uma Guerra Santa e que os cristãos desapareçam”, continuou o jornalista em sua crítica.

Morgan lembrou ainda o recente ataque ao metrô de São Petersburgo, Rússia, que deixou 14 mortos e dezenas de feridos. Na ocasião, partidários do IE disseram que o ataque foi “um inferno para os adoradores da cruz”.

“O Estado Islâmico não poderia ter sido mais transparente. No ataque a São Petersburgo na última semana, eles foram totalmente claros sobre essa ser uma guerra contra a cruz. Eles disseram isso. Era isso o que o comunicado dizia. Na cabeça deles, eles estão em guerra contra o cristianismo — e não apenas contra o cristianismo, como também outras religiões”, alertou o jornalista. “Não acho que esta história esteja conseguindo a atenção que deveria na mídia americana, e também nas outras mídias ao redor do mundo.”

O jornalista concluiu sua declaração afirmando que esta realidade merecia muito mais destaque. “Eu acho que esse é o tipo de história que deveria estar dominando as TVs na América e as manchetes ao redor do mundo.”

(Fonte: Portal Guiame; The Blaze)

 

MAIS LIDAS

Jubileu de Ouro: orientações para o evento
Evento acontece em 30 de abril no Rio


Igreja Metodista Wesleyana celebra 50 anos
Igreja foi fundada em 1967 em Nova Friburgo


Filme "Para Sempre" estreia em dezembro
Longa é aposta após sucesso "O Quarto de Guerra"


Filme sobre soldado cristão é ovacionado
Longa foi exibido no Festival de Veneza


Orientações para celebração do Jubileu de Ouro
Faltam 52 dias para a comemoração dos 50 anos



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016