13/03/2019
Egito legaliza 156 igrejas
Igrejas ilegais do país sofrem com o ataque de multidões que pedem pelo seu fechamento
Redação CPIMW

O último dia 5 de março ficará marcado na história dos cristãos do Egito pela legalização de 156 igrejas e lugares de culto. De acordo com o Egypt Independent, o número de locais religiosos aprovados no país subiu para 783. 

Há três anos, quando surgiu uma nova lei que pretende facilitar a construção de igrejas no país, mais de 3.700 congregações entraram com pedido para serem legalizadas, mas o processo tem sido lento.

Atualmente, o Egito tem cerca de 5 mil igrejas que ainda são consideradas ilegais. Algumas estão há 20 anos esperando uma licença oficial. Enquanto isso, sofrem com o ataque de multidões que pedem pelo seu fechamento. 

Uma declaração televisionada na capital dos Emirados Árabes Unidos, Abu Dhabi, no mês passado, Ahmed el-Tayeb, grande imã da universidade Al-Azhar no Cairo, pediu para que os muçulmanos do Egito aceitem os cristãos como “parceiros da nossa nação”. 

Porém, David Curry, que é parceiro da Portas Abertas, disse que embora tenha sido um progresso, “não significa que podemos dizer que o Egito mudou de linha ou que de alguma forma tudo está bem e não precisamos mais nos preocupar com os cristãos egípcios”.

Fonte: Portas Abertas. 

 

MAIS LIDAS

Filme cristão conta história real de milagre 
"Superação - O Milagre da Fé" vai estrear em abril de 2019


Jubileu de Ouro: orientações para o evento
Evento acontece em 30 de abril no Rio


Igreja Metodista Wesleyana celebra 50 anos
Igreja foi fundada em 1967 em Nova Friburgo


Filme sobre soldado cristão é ovacionado
Longa foi exibido no Festival de Veneza


Filme "Para Sempre" estreia em dezembro
Longa é aposta após sucesso "O Quarto de Guerra"



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016