09/07/2019
Sudão do Sul receberá mais de 50 mil Bíblias
A maioria das Bíblias e livros cristãos da Mission Cry é usada e chega como doações para o Sudão do Sul
Redação CPIMW

Garoto sul-sudanês lendo a Bíblia (Foto: reprodução)

Com cerca de 12 milhões de habitantes, o Sudão do Sul é um dos países mais pobres do mundo, o que agrava tensões étnicas e políticas, aumentando consideravelmente os índices de violência. E é nesse cenário de caos que missionários lutam para que a Palavra de Deus alcance os sul-sudaneses.

Apesar de quase 60% da população do Sudão do Sul ser cristã, as Bíblias no país são escassas, como explica Jason Woolford, da Mission Cry, instituição que está apoiando os Ministérios de Alcance Distante no Sudão do Sul com o envio de Bíblias e livros cristãos para 50 mil pessoas. Alguns desses recursos vão para o exército do Sudão do Sul e para a escola de capelania de Wes Bentley.

“Somos muito gratos a Deus. É realmente um milagre fazer parceria com Bentley e ver o trabalho que ele fez lá, e também acompanhar seu ministério, como fazemos em todo o mundo, e poder oferecer às pessoas a Palavra de Deus e livros cristãos. Estamos animados”, relatou Jason Woolford, da Mission Cry.

A maioria das Bíblias e livros cristãos da Mission Cry é usada e chega como doações. O Sudão do Sul passou a ser campo missionário de Woolford por meio de seu parceiro ministerial Wes Bentley, que ministrou no país por 20 anos através do Far Reaching Ministries. Ele liderou várias pessoas no exército do Sudão do Sul e as levou até o Senhor; agora o exército nacional envia suas tropas para receberem treinamento em sua escola de capelania.

Existem várias maneiras de ser parceiro da Mission Cry e encorajar os crentes do Sudão do Sul. Primeiro, Woolford diz que eles precisam desesperadamente de oração.

“Onde quer que o diabo tenha uma fortaleza, ele luta arduamente e vem contra aqueles que estão tentando fazer uma mudança lá. Então, ore por Wes Bentley, por mim, pelo ministério do Mission Cry e pelos ministérios de grande alcance que se unem neste empreendimento”, pede Woolford.

Além disso, Mission Cry sempre precisa de Bíblias e livros cristãos usados. Woolford diz que o impacto espiritual de cada Bíblia e livro cristão no Sudão do Sul é inestimável.

"Você e eu temos a oportunidade e a capacidade de fazer uma mudança na vida de alguém que é eterna, mas também ensiná-los a lutar na batalha enquanto estão nesta terra", esclarece.

O Sudão do Sul, país localizado na África central, celebra oito anos de independência dia 9 de julho, data em que se separou do Sudão, após 22 anos de guerra civil. Seu povo acreditava que a independência traria a desejada paz, mas não foi tão fácil. Certas partes do Sudão do Sul ainda lutam para obter a paz.

(Fonte: Guiame)

 

MAIS LIDAS

Filme cristão conta história real de milagre 
"Superação - O Milagre da Fé" vai estrear em abril de 2019


Jubileu de Ouro: orientações para o evento
Evento acontece em 30 de abril no Rio


Igreja Metodista Wesleyana celebra 50 anos
Igreja foi fundada em 1967 em Nova Friburgo


Filme sobre soldado cristão é ovacionado
Longa foi exibido no Festival de Veneza


Filme "Para Sempre" estreia em dezembro
Longa é aposta após sucesso "O Quarto de Guerra"



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016