05/10/2016
A Igreja e o seu futuro
Nem tudo está dominado pelo secularismo, há sim um remanescente fiel

  http://www.comentariojovem.com.br/wp-content/uploads/2011/09/DSCN2151.jpg
Todos os seguimentos da sociedade olham para o futuro com algum tipo de preocupação. As razões são várias, e entre elas, está o cenário mundial que se apresenta um tanto ameaçador; ao que nos parece, todo mundo está acometido de algum tipo de fobia. Assim podemos afirmar que a humanidade está assustada, tanto pelo que vê, quanto pelo que ouve; e as incertezas do amanhã contribuem para que o emocional das pessoas esteja abalado. Até mesmo as megas empresas estão tornando-se vulneráveis às grandes mutações que estão ocorrendo no dia a dia. Em face a tudo isso, aqueles que se encontram em posições mais elevadas já estão caminhando para o limite máximo de suas forças, sempre em busca de uma solução, do contrário poderão sucumbir.

E a igreja, o que temos a dizer sobre ela? Na realidade, ela navega neste mesmo mar revolto, e em alguns aspectos está em desvantagem, porquanto precisa manter o seu padrão que deve estar bem acima daquele defendido pelo mundo, tal como Jesus dissera aos seus discípulos: “Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus de modo nenhum entrareis no reino dos céus” (Mt.5.20).

Respondendo o questionamento levantado acima, é possível fazer uma projeção quanto ao que lhe aguarda, fazendo as seguintes afirmações: 1º. Que o quadro atual não nos é muito animador, isso porque, a exemplo de Israel no tempo da Antiga Aliança, enamorou-se do mundo, e esse exerceu a sua maléfica influência sobre o povo escolhido, com isso a sua missão de ser luz entre as nações ficou seriamente comprometida! Por isso, Deus precisou punir severamente o seu povo para que o mesmo refletisse o quanto havia se desviado dos caminhos traçados por Ele e, assim, voltasse a reatar a sua Aliança com o Altíssimo, como é perceptível, sobretudo, nos livros de Esdras e Neemias, o que abriu caminho para a sua restauração como nação e o seu retorno à terra prometida.

Na atualidade, estamos vendo a Igreja negligenciando os valores do verdadeiro Evangelho, o que a deixa fraca e, consequentemente, sem o devido poder para transformar a sociedade na qual está inserida. Tal como afirma Calvin Miller em seu livro “Nas Profundezas de Deus”. pg 25: “É estarrecedor constatar que levamos nossos planos individuais tão a sério que  nunca desejamos saber se Deus tem outra coisa para fazermos”.  2º. É que uma grande parte da cristandade, parece estar insensível ao cumprimento das profecias bíblicas no tocante ao pronuncio da Volta de Cristo. Ao que nos parece, muitos estão dormindo o sono do indiferentismo, tal como Jesus disse ter acontecido nos dias de Noé (Mt. 24.37-39)
.

Por fim, entendemos que nem tudo está dominado pelo secularismo, há sim um remanescente fiel, e graças a ele é que a Igreja seguirá a sua trajetória, e assim vai fazendo história, porque é com esses que o Senhor da Igreja pode contar. São esses, como nos dias de Israel, que guardaram-se de ser levados pela força da correnteza, antes pelo contrário, refugiaram-se em Deus, mesmo em tempos de calamidade, uma vez que tinham como objetivo manterem a sua fidelidade a qualquer custo, e assim oravam:“ Mostra-me Senhor, os teus caminhos, ensina-me as tuas veredas; guia-me, tu és Deus, meu Salvador, e a minha esperança está em ti o tempo todo” (Sl. 25.4-5)
.

Não obstante sabermos que os dias finais para a Igreja na terra serão cada vez mais difíceis, isso à luz do Sermão Profético de Jesus, (Mt.24), bem como do Apocalipse, descrito por João, mas mesmo assim, que lindo futuro nos aguarda, pois aquele que disse estar conosco todos os dias, até a consumação do século, certamente nos dará condições de vencer as batalhas que ainda estão por serem travadas.


A IMW, é um ramo da igreja de Cristo, e por isso deve manter-se fiel, e aguardar com grande expectativa a volta gloriosa do Senhor, mantendo-se pura, e preservando o ardor do Espírito em sua vida, tal como disse o autor de Eclesiastes. “Em todo o tempo sejam alvas as tuas vestes e jamais falte o óleo sobre a tua cabeça” (Ec. 9.8). Que assim seja!

Bispo Elisiário Alves dos Santos é superintendente regional da 2ª Região Eclesiástica

MAIS LIDAS

Prestação de Contas
Estamos nos preparando para ingressar em um novo ano


A Igreja e o seu futuro
Nem tudo está dominado pelo secularismo, há sim um remanescente fiel


O drama de Ana
A perseverança de Ana mudou sua história


O crente e a oração
Relacionamento profundo com Deus só será possível com uma vida de oração sistemática


Mais perto de Jesus
Nos momentos de turbulência vamos testar a nossa estrutura



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016