02/03/2017
A subversão da ordem!
O que acontece quando há a subversão da ordem?

Ao meditarmos nas Escrituras encontramos em todas as suas páginas ordem, começando pelo livro de Gênesis “A terra era sem forma e vazia... (vs 2). Disse Deus: haja luz. E houve luz (vs. 3)”. Existia um caos que foi ordenado e organizado por Deus.

Neste primeiro capítulo encontraremos várias menções de Deus declarando o quanto era bom o que estava ordenando: “a luz era boa” - (vs.4).  Ao fim de cada dia, após colocar ordem nas tarefas diárias lemos a mesma declaração: “viu Deus que isso era bom” (Vs. 10, 12, 18, 21, 25). Finalmente no sexto dia há um acréscimo:  E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. (Vs. 31). Quando chegamos ao Apocalipse verificamos mais uma vez Deus colocando ordem no caos, neste caso, no caos provocado pelas ações humanas: “E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe” (Ap. 21.1).   

O que acontece quando há a subversão da ordem? O caos impera, as leis são descumpridas, a ordem social é quebrada, as estruturas são destruídas, as instituições se corrompem, há insubordinação e revolta contra as autoridades e ao final de tudo a população sofre. Esta é a realidade que vivemos e vivenciamos de um modo mais profundo no estado do Espírito Santo. Paulo escrevendo aos Romanos (1.18-32) relata a ação humana de transformar a verdade em injustiça e o caos que acontece quando a humanidade abandona a ordenação e organização divina.

Podemos afirmar com convicção que isto ocorreu por desejo de uma classe de um aumento salarial ou é uma consequência de um estado de espírito que impera na nação? Vivemos um caos de integridade, moralidade, confiança nas pessoas e instituições, desejo desenfreado de se dar bem a qualquer custo, relativização das leis e da ordem política, social, moral e espiritual.

O que fazer? Voltar-se para Deus em arrependimento, conversão de pensamentos, palavras e atos, transformação de entendimento e coração. Comprometer-se como Igreja para buscar uma sociedade mais justa interagindo e integrando-se nas ONGs de bairros. Levantar-se da inércia e agir junto aos órgãos governamentais para encontrar solução para as cidades e bairros onde estamos inseridos buscando melhoria para a população em geral.

Apesar da convicção da eternidade não podemos desprezar o desejo de nosso Senhor de implantar um Reino de Justiça, Paz e Amor.  

Devemos nos lembrar o que diz Provérbios 29.18 – “Um país sem a orientação de Deus é um país sem ordem. Quem guarda a lei de Deus é feliz”. (NTLH).

Bispo Sinvaldo Coelho é superintendente da 3ª Região Eclesiástica

MAIS LIDAS

Eu abri mão do meu livre arbítrio
Ao me submeter ao chamado de Jesus Cristo, abri mão de meu livre arbítrio


Prioridade vs. Futilidade
"Prepara no verão o seu pão; na sega ajunta o seu mantimento" (Pv 6.8)


A subversão da ordem!
O que acontece quando há a subversão da ordem?


Fazer novas todas as coisas
Como concluiremos este ano e qual a reflexão que devemos fazer? 



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016