06/08/2019
De olho na eternidade
Esta é a realidade de todos nós

Jesus de forma muito precisa afirmou: “Pois onde estiver o vosso tesouro, aí estará o vosso coração” (Mt. 6.21). Partindo deste princípio, basta conversarmos com uma pessoa por alguns momentos, e logo chegaremos a uma conclusão onde jaz o seu tesouro, pois as suas palavras nos levam a isso, e o que  confirma  mais  uma vez os ensinamentos do grande mestre, ao  dizer: “A boca fala do que o coração está cheio”. (Mt. 12.34).

Diante destas verdades, chegamos à conclusão, que a maioria dos seres humanos tem os seus tesouros sobre a terra, porquanto tudo em suas vidas gira em torno das coisas deste mundo, dando-nos a entender que no seu coração não há espaço para os valores eternos. Muito embora saibamos que este procedimento contraria um principio estabelecido pelo Criador, que nos projetou para vivermos em função do que é eterno. “Ele fez tudo apropriado ao seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim ele não consegue compreender inteiramente o que Deus fez”. (Ec. 3.11).

Até que o homem venha render-se a esta realidade, ele corre de um lado para outro, e em vão procura o sentido da existência humana sobre a terra, e quanto mais busca, mais confuso fica, pois sua origem está em Deus, e somente voltando-se para Ele, pode a alma humana encontrar descanso e segurança.

“Enquanto o homem não passa por dificuldades com o seu coração, provavelmente não sairá das dificuldades com Deus”. A.W.Tozer.

Esta é a realidade de todos nós, sendo que o nosso coração teimosamente insiste em não se render àquele que nos formou, e nos chama de volta para os braços, com vista a nos acolher, bem como nos moldou para que vivamos a vida plena preparada para os que se reconciliam com Ele.

É preciso que entendamos a missão de Jesus ao vir à terra, pois somente Ele está apto para resolver este impasse entre nós e Deus, e a sua proposta é a melhor possível, e por isso todos os que lhe dão ouvidos, podem testificar muito bem, do que é andar com Ele e aprenda a relacionar-se com Deus, agora na qualidade de filho.

Este pensamento de Max Lucado, expressa muito bem o que é deixar Cristo tomar a direção de nossa vida, passando a trilhar o caminho rumo a eternidade: “Ele (Jesus), é capaz de lhe dar uma felicidade que nunca pode ser tomada, uma graça que nunca acabará e uma sabedoria que sempre aumentará. Ele é uma fonte de esperança viva que nunca esgotará”.

Quando de fato entendemos esta realidade, o que é temporal, perde o seu colorido em face dos valores eternos, e os mesmos passam a encher os nossos corações e moldar as nossas vidas.

Que o Senhor nos desperte para buscarmos com mais diligencia as coisas que são de cima, isto é, que dizem respeito a eternidade, pois é para lá que estamos indo, e nada melhor do que nos prepararmos para adentrarmos em nossa morada que Jesus nos foi preparar.

MAIS LIDAS

Prestação de Contas
Estamos nos preparando para ingressar em um novo ano


A Igreja e o seu futuro
Nem tudo está dominado pelo secularismo, há sim um remanescente fiel


O drama de Ana
A perseverança de Ana mudou sua história


O crente e a oração
Relacionamento profundo com Deus só será possível com uma vida de oração sistemática


Mais perto de Jesus
Nos momentos de turbulência vamos testar a nossa estrutura



NOVIDADES
WTV

 FACEBOOK  WTV  NEWS
Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana com sede na Avenida Venâncio, 17 - Xerém
- Duque de Caxias - RJ - CEP 25245-500 | CNPJ: 15.732.218/0001-08

© Todos os direitos reservados. 2016